Notícias & Negócios >
Box de vidro com película de fábrica oferece segurança ao consumidor final

Publicado em: 15/05/2018

Durante a Glass South America, aconteceu o aguardado teste de quebra da Blindex.

Blindex

 

A ansiedade dos visitantes ficou evidente na apresentação do exclusivo Box Blindex Mais Segurança, com aplicação de película de segurança que, além de aumentar a resistência do vidro temperado, também segura e mantém os cacos unidos em caso de quebra, possibilitando a movimentação da porta sem que haja risco ao usuário.

 

De acordo com Glória Cardoso, coordenadora de marketing da Blindex, “a correta aplicação dos vidros em todos os tipos de projeto de arquitetura e a segurança dos indivíduos que usufruem das áreas envidraçadas são temas que norteiam a atuação da Blindex no mercado. Em relação ao Box de Banheiro, a atenção aos fatores de segurança é ainda maior, pois no momento do banho, o usuário normalmente se encontra mais vulnerável e desprotegido”. Para Nelson Dias, diretor da vidraçaria Tower Glass, “a novidade é fantástica, tive que vir aqui conferir se funciona mesmo”.

 

A tecnologia inovadora é produzida com vidro de segurança temperado, seguindo na íntegra a norma vigente para o produto (ABNT/NBR 14207). “A película de segurança foi desenvolvida, testada e aprovada especificamente para esse fim e tem resistência suficiente para suportar o peso do vidro em caso de quebra. Não deve ser confundida com películas comuns existentes no mercado”, completa Glória. Além do Box Blindex Mais Segurança, a empresa trouxe ao estande o seu portfólio completo de soluções para projetos com vidro temperado.

 

Persiana com repelente ajuda na prevenção da febre amarela

 

Após acompanhar de perto um dos mais recentes surtos de febre amarela no país, a fabricante de tecido para persianas, G Têxtil, apresentou uma solução para espantar diversos tipos de insetos transmissores de doenças: a persiana anti mosquito. O que chama atenção dos visitantes é como o repelente fica invisível no tecido, de forma com que ninguém perceba o uso da barreira. “Durante a fabricação o produto sofre um tipo de termofixação fazendo com que o componente químico fique imperceptível”, comenta Felipe Tanner, gerente industrial da G Têxtil.

 

Felipe também ressalta que o produto não é nocivo à saúde. Seja para ficar próximo de crianças, adultos e até alérgicos, eles podem optar pelo material sem nenhum tipo de complicação. “Utilizamos a mesma tecnologia repelente aplicada em vestuário, por isso que o contato da química com a pele não tem contra indicação”, completa. A G Têxtil preparou um estande atrativo com a exposição das persianas e vem recebendo um grande número de interessados em acompanhar as novidades. “A feira está muito boa, sempre tem bastante gente para falar conosco e conhecer nossos produtos. A expectativa é fechar ótimos negócios com os fabricantes que passam por aqui”, conta o gerente.

 

Saint-Gobain redescobre a beleza do vidro com novo posicionamento de marca

 

O vidro como principal futuro da arquitetura e construção foi o mote que inspirou o novo reposicionamento de uma das maiores fabricantes de vidro plano no mundo. A Saint-Gobain anuncia o seu avanço no mercado com uma estratégia diferente, tentando migrar um pouco do relacionamento com a indústria para focar no usuário final, como arquitetos e decoradores. Segundo Gabriel Zanatta, coordenador de marketing, “o objetivo é fazer com que as pessoas conheçam as possibilidades do vidro, despertando a sensação de ver a mesma coisa todos os dias, mas de forma diferente”.

 

Para reforçar o novo conceito, o estande foi projetado pelo artista multimídia José Marton. A proposta traz uma reflexão sobre realidade invertida: a mesma ambientação funcional apresentada em vidro texturizado foi reproduzida em OSB (placas compostas a partir da madeira) espelhado no teto, criando um jogo de opostos. “É uma experiência, mostrar de outra forma como o ser humano experimenta os ambientes que visita”, comenta o artista Marton.

 

A empresa também realizou o talk Saint-Gobain, comandado pela jornalista e expert em design Mônica Barbosa, acompanhada pelo artista multimídia e responsável pelo projeto de estande da marca e o designer Matheus Primo. Diversos arquitetos renomados conferiram as últimas tendências em arquitetura e decoração e o uso do vidro como matéria-prima e elemento de design. 

  

Glass Façades Day une indústria de ponta a ponta 

  

Com o objetivo de debater o uso eficiente do vidro nas especificações de faixadas, o encontro reuniu arquitetos, consultores e profissionais da indústria vidreira, que debateram temas como eficiência acústica e as infinitas possibilidades de aplicação do vidro. “Nosso objetivo era conectar as três pontas: arquitetos, construtores e indústria e acredito que conseguimos”, celebrou Fernando Munglioli, publisher da Revista Projeto e um dos idealizadores do Glass Façades Day, após o encerramento da segunda edição do evento. 

  

Além dos estudos de caso, duas rodadas de debates foram feitas com os palestrantes para tirar dúvidas dos presentes. As empresas Guardian Glass e Eastman, patrocinadoras do evento, também destacaram novidades em tecnologia do vidro. Elcio Almeida, gerente comercial da Brazil Glass, acompanhou o evento ao longo do dia e classificou a programação como ‘perfeita’. “A escolha dos temas e a didática escolhida foi muito dinâmica e, com certeza, conseguiremos aplicar na nossa realidade. É ótimo sabermos como o arquiteto pensa e como podemos atendê-lo para atingir o melhor resultado”, opinou. 

  

Luiz Jorge Pinheiro, consultor da Abividro, acredita que o encontro agregou muito ao setor da construção civil. “Acho importante o comprometimento do setor em unir os agentes da indústria e discutir normas de certificação e aplicação”. Mungioli, da Revista Projeto, sentiu uma evolução da edição passada para esse ano e acredita que muito disso foi pelo fato da parceria com a Glass South America. “A feira é a maior da América Latina e isso acrescenta valor ao nosso evento, recebemos um público ultra qualificado, que era nosso objetivo. Estamos reunindo as problemáticas do setor e colhendo opiniões para já pensar em uma terceira edição ainda mais completa”, concluiu. 

  

Indústria LATAM se encontra na Glass South America

A presença de compradores de outros países da América Latina já era esperada nos corredores e estandes da Glass South America. Sem desapontar, a edição de 2018 confirmou seu sucesso. A possibilidade de encontrar lançamentos brasileiros e internacionais, como de países europeus, é um chamariz a mais a esses visitantes. Ausoberto Alva, gerente geral da Corporación Limatambo, visitou a feira pela segunda vez e se surpreendeu com as novidades. “Aqui se concentram todos os fabricantes de vidro e de máquinas, além de empresas que participam de outras etapas da transformação do vidro. O mercado sempre está mudando e queremos estar na vanguarda disso, por isso estamos aqui. Além disso, conseguimos colher tendências da América Latina e da Europa em um só lugar”, comentou o visitante do Peru.

 



 

 

 

Publicidade