Notícias & Negócios >
Carta ao Mercado Vidreiro - SINBEVIDROS

Publicado em: 31/08/2020

Agosto 2020!

Carta ao Mercado Vidreiro

 

O SINBEVIDROS - Sindicato das Indústrias de Beneficiamento e Transformação de Vidros e Cristais Planos do Estado de São Paulo, mantendo a tradicional transparência e seguindo as normas de compliance, há que lhe cabe, informa a todos sobre o seguinte tema.‍

Somos a favor do livre comércio, ético, transparente e que favoreça todo o setor. Respeitamos toda a cadeia e sabemos o quanto cada elo é de extrema importância para que possamos evoluir juntos, e dessa forma somos mais fortes.‍

Como entidade, entendemos que essa é uma relação entre cliente e fornecedor e que deve ser tratada de forma transparente entre as partes, e compreendemos que as decisões no grupo vidreiro não devem sofrer pressões externas. O SINBEVIDROS repudia qualquer prática de cartel e trust.‍

 

Alguns tópicos vêm sendo abordados no mercado, assim cabe ao SINBEVIDROS destacar:

• O mercado vidreiro assim como diversos outros, foi afetado por uma redução na fabricação de vidros durante a pandemia e com a retomada do mercado é correto confirmar esta realidade.

• Destacamos que há dificuldade no fornecimento de vidros e na diversificação do dimensionamento de chapas, o que acarreta o aumento de perdas.

• Entendemos que regras claras e bem explicadas podem sim ser de fácil entendimento. Assim, como é necessário otimizar os perfis que serão usados em uma obra para emitir um orçamento -- normalmente adquiridos em barras de 6m -- entendemos que os bons profissionais que temos em nosso segmento também teriam facilidade em adotar o arredondamento proposto por algumas empresas.

O SINBEVIDROS trabalha para que o mercado seja cada vez mais profissionalizado e conte com empresas idôneas. Reforçamos também pedido de apoio, já feito anteriormente para que a ABIVIDRO - Associação Brasileira das Indústrias de Vidro, possa fazer parte desse projeto.‍

Salientamos que somos imparciais sobre o tema abordado acima e que entre nossos associados, temos aqueles que adotaram e os que não adotaram a prática do arredondamento, como deve ser em todo livre comércio. Cabe aos participantes do mercado decidirem, através de um conjunto de fatores de compra, e não apenas por um único fator, a melhor empresa para as suas parcerias.‍

 

Atenciosamente,‍

 

Alfredo dos Anjos Martins

Presidente – Sinbevidros

11 2476 7021

sinbevidros@sinbevidros.com.br

 

 

O SINBEVIDROS - Sindicato das Indústrias de Beneficiamento e Transformação de Vidros e Cristais Planos do Estado de São Paulo, mantendo a tradicional transparência e seguindo as normas de compliance, há que lhe cabe, informa a todos sobre o seguinte tema.
Somos a favor do livre comércio, ético, transparente e que favoreça todo o setor. Respeitamos toda a cadeia e sabemos o quanto cada elo é de extrema importância para que possamos evoluir juntos, e dessa forma somos mais fortes.
Como entidade, entendemos que essa é uma relação entre cliente e fornecedor e que deve ser tratada de forma transparente entre as partes, e compreendemos que as decisões no grupo vidreiro não devem sofrer pressões externas. O SINBEVIDROS repudia qualquer prática de cartel e
trust.
Alguns tópicos vêm sendo abordados no mercado, assim cabe ao SINBEVIDROS destacar:
• O mercado vidreiro assim como diversos outros, foi afetado por uma redução na fabricação de vidros durante a pandemia e com a retomada
do mercado é correto confirmar esta realidade.
• Destacamos que há dificuldade no fornecimento de vidros e na diversificação do dimensionamento de chapas, o que acarreta o aumento de perdas.
• Entendemos que regras claras e bem explicadas podem sim ser de fácil entendimento. Assim, como é necessário otimizar os perfis que serão usados em uma obra para emitir um orçamento -- normalmente adquiridos em barras de 6m -- entendemos que os bons profissionais que temos em nosso segmento também teriam facilidade em adotar o arredondamento proposto por algumas empresas.
O SINBEVIDROS trabalha para que o mercado seja cada vez mais profissionalizado e conte com empresas idôneas. Reforçamos também pedido de apoio, já feito anteriormente para que a ABIVIDRO - Associação Brasileira das Indústrias de Vidro, possa fazer parte desse projeto.
Salientamos que somos imparciais sobre o tema abordado acima e que entre nossos associados, temos aqueles que adotaram e os que não adotaram a prática do arredondamento, como deve ser em todo livre comércio. Cabe aos participantes do mercado decidirem, através de um conjunto de fatores de compra, e não apenas por um único fator, a melhor empresa para as suas parcerias.
Atenciosamente,
Alfredo dos Anjos Martins
Presidente – Sinbevidros
11 2476 7021
sinbevidros@sinbevidros.com.br

Publicidade