Notícias & Negócios >
Massfix gera renda e empregos e ajuda o meio-ambiente

Publicado em: 22/02/2010

Reciclagem de cacos de vidros como oportunidade de negócio



Reciclagem de cacos de vidros como oportunidade de negócio
Nicho de mercado descoberto pela Massfix gera renda e empregos e ajuda o meio-ambiente, mas empresa enfrenta desafios políticos e privados para sua consolidação


Por ser um produto 100% reciclável, a questão da geração de resíduos de vidro por parte das empresas e sociedade em geral é pouco discutida, porém a realidade é que restos de vidros poluem e contaminam o meio-ambiente mais do que se imagina.

Material usado em diferentes segmentos, desde o setor da construção civil com vidros planos, nas embalagens e garrafas e até no uso doméstico como em objetos de decoração, o produto gerou para o setor no Brasil (último dado divulgado em 2008) um faturamento de 4.071 milhões de reais, e gerou uma produção de 2.994 milhões de toneladas de vidro, dados divulgados pela Abividro - Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro.  Grande parte deste volume vira sucata e tem como destino os aterros sanitários das cidades.

Foi com a intenção de colaborar com a redução do impacto ambiental provocado por sucata de vidro e também visualizando uma grande oportunidade de negócio, que há 20 anos o empresário Antônio Jorge da Silva, que já atuava neste segmento, inaugurou a Massfix, que hoje é empresa de referência no ramo de reciclagem de vidros.

Com fábrica própria na cidade de Guarulhos (SP), o trabalho da Massfix consiste em adquirir resíduos de vidro das indústrias vidreiras, beneficiadoras, blindadoras e empresas especializadas em vidros automotivos - resíduos que seriam depositados na natureza - e produzir uma nova matéria-prima a ser inserida na cadeia produtiva do setor. 

Estes novos produtos fabricados pela Massfix atendem a Indústria vidreira, que pode utilizar 100% do material para produzir um novo vidro, a Indústria de cerâmica, que utiliza o vidro reciclado para um composto de minerais aplicados em revestimentos, e também o mercado de micro-esferas de vidros, que fabrica produtos voltados para sinalização. 
 
Contanto hoje com 78 funcionários, a Massfix tem capacidade para atender empresas de todo o Brasil. Hoje seus fornecedores e parceiros encontram-se nos Estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo, atuando com frota própria em um perímetro de 1000 km, dependendo do tipo e da qualidade do resíduo.

O grande diferencial conquistado pela Massfix é a sua credibilidade no mercado, sendo vista como empresa séria por seus clientes e por quem se relaciona com ela. A empresa, que iniciou suas atividades com a coleta de cacos em uma pequena região de São Paulo, buscou ao longo destes 20 anos no mercado a profissionalização e regulamentação junto aos órgãos competentes, o que é um grande diferencial competitivo quando comparado às outras empresas que atuam na área. Está regulamentada junto à secretaria do Meio Ambiente, Prefeitura, Agência Nacional de Transportes Terrestres e todos os órgãos relacionados ao negócio em que atua. Outro grande diferencial da Massfix é a assessoria ambiental para o parceiro gerador de resíduos, um trabalho que vai muito além da aquisição dos cacos. "Podemos dizer que somos a empresa mais profissionalizada por poder contribuir com a melhor solução para o gerador de resíduos", diz a sócia-diretora da Massfix, Juliana Schunck..

Outro aspecto importante que diferencia e posiciona a empresa em um patamar diferente de seus concorrentes é a pontualidade financeira, já que pratica preços competitivos na compra dos resíduos e paga em até sete dias os seus fornecedores. "Existe uma grande confiabilidade nas nossas parcerias, já que nossa balança é aferida pelo Inmetro e não praticamos qualquer alteração no peso, considerando que a minoria dos fornecedores tem condições de pesar o resíduo", afirma Juliana.

Desafios políticos

Os benefícios gerados para a sociedade com o trabalho da Massfix são inúmeros. Além da sua contribuição para a solução do tratamento de resíduos das empresas, o negócio da reciclagem estimula a criação de outros negócios por gerar novas atividades produtivas como maquinários e equipamentos especiais; estimular a concorrência, já que os produtos gerados a partir dos reciclados são comercializados com preços mais competitivos; injetar recursos nas economias locais através da criação de empregos e recolhimento de impostos, entre outras inúmeras vantagens.

No entanto, mesmo com todos estes benefícios visivelmente percebidos, de acordo com a diretora Juliana Schunck, a contribuição da Massfix com a sociedade poderia ser muito mais abrangente, já que procura por vidro reciclado é maior do que a empresa pode fornecer.

De acordo com ela, isto se deve, principalmente, às dificuldades que a empresa encontra em firmar novas parcerias e encontrar novos fornecedores, em especial devido à falta de política no Brasil sobre a geração de resíduos e responsabilidade das empresas. "O Brasil não possui uma Política de resíduos sólidos, como por exemplo a União Européia que estipula metas para seus países. Nossa política está no Congresso há anos e não é aprovada devido a interesses político-econômicos das indústrias", acredita.

Para ela, os números divulgados pelas Indústrias e associações sobre o índice de reciclagem do país são muito otimistas para a realidade que ela encontra.  "É necessário elevar a importância dos resíduos como realmente são. Crime Ambiental pode ser praticado se não for direcionada a devida atenção a essa questão. O caco de vidro não pode ser considerado como resto ou lixo da operação, mas sim como fonte de renda e responsabilidade ambiental para a empresa. É o elemento essencial da sustentabilidade dentro de uma empresa no segmento do vidro, e isto deveria ser levado a sério", acredita a diretora.

Mesmo com os desafios, a Massfix tem crescido de forma expressiva - nos últimos dois anos contou com o crescimento de 10% ao ano e visualiza novas oportunidades para continuar crescendo e principalmente, se consolidar definitivamente como a principal empresa de reciclagem de todos os tipos de vidro.


www.massfix.com.br





Informações para a imprensa:
Mariana Queiroz - mariana@qmidia.com.br
Natalia Amaral - natalia@qmidia.com.br
Q!MÍDIA - Assessoria de Comunicação
(11) 3034 4794 /  (11) 7953 1661


Publicidade